Aloimune • Imunologia da Reprodução

71 3235-0958 • 99197-8344

Histórias de Vida

Conheça historia de casais que utilizaram o tratamento feito na Aloimune e realizaram o sonho de serem pais.
Home » Histórias de Vida
Compartilhe:
capa-analiz

14 de agosto de 2015

Então a nossa boca se encheu de riso…

Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre as nações: Grandes coisas fez o Senhor a estes.

Grandes coisas fez o Senhor por nós, pelas quais estamos alegres.
Salmos 126: 2,3

Sou eternamente grata ao Senhor Jesus pelo presente chamado Ana Liz que está trazendo grandes alegrias em meu lar e pela realização do meu sonho de ser mãe; ao meu marido pela fé inabalável no Deus vivo e poderoso que faz infinitamente mais do que o que pedimos ou pensamos (Efésios 3:20) e que sempre acreditou na vitória sem nunca desanimar; ao Dr. Manoel Sarno pela competência e empenho em cuidar do meu caso e pela paciência com minhas listas de perguntas, mas que me fazia voltar em paz para minha cidade; a Luciana (Bióloga), Scheila e Joyce pelo carinho e atenção; ao Dr. José Tavares pela competência e preocupação em lidar com um caso delicado como o meu; a minha família, amigos e irmãos de fé pelo apoio, torcida e orações; à família de Sr. José e Nete que nos acolheu em Salvador com muito carinho.

Moro em Ilhéus, tenho onze anos de casada, histórico de onze gravidez e só agora em dois mil e onze pude realizar o meu grande sonho.

Minha história é marcada por muitas perdas e dores, mas muita esperança e fé.

Tive nove abortos que não passaram de nove semanas, com curetagens até sem anestesia; dois partos prematuros, sendo um com óbito do bebê com 35 semanas por causa de infecção e outro parto prematuro com minha grande vitória chamada Ana Liz que nasceu com quase 32 semanas depois do tratamento.

Através dos exames descobri que tenho anticorpo cardiolipina alterado e trombofilia que causavam as perdas durante a gravidez. Fiz o tratamento com Dr. Manoel Sarno das vacinas com linfócitos paternos, anticoagulante, vitaminas e progesterona. Após o tratamento tive apenas uma perda por causa da dosagem baixa do anticoagulante injetável que precisava ser aumentada, fragmin de 2.500 para 5.000. Assim que foi corrigida tudo deu certo.

Durante o tratamento, cada mês que não engravidava ficava preocupada com os gastos. Antes engravidava rapidinho, uma vez cheguei a engravidar dois meses seguidos. A ansiedade foi tamanha que já não conseguia engravidar. Foi quando, após oito meses de tratamento, pedi ao pastor da minha igreja que orasse pela minha causa e me ungisse com óleo e, naqueles dias, engravidei. Em apocalipse o Senhor diz que a porta que Ele abre ninguém fecha e foi isso o que aconteceu, todas as portas se abriram.

As minhas gestações sem tratamento eram marcadas por muitas cólicas fortes que não passavam com nada e até pressão alta, mas nessa com tratamento não senti nenhuma cólica, apenas um sangramento tipo borra no início e aos três meses um sangramento vermelho vivo após um susto que tomei, mas com repouso tudo ficou controlado. Sentia muito enjôo, mas achava o máximo, pois sabia que com ele o bebê estava bem. Pude trabalhar até os seis meses e posso dizer que tive uma gravidez maravilhosa, apesar de ter sido cheia de cuidados, exames e medicações dolorosas como as injeções na barriga que tomei antes e durante a gravidez, num total de aproximadamente quatrocentas. O detalhe é que tinha pânico de injeção, mas até que acostumei um pouco com elas.

Com sete meses fui para Salvador esperar a hora, mas não sabia que seria três semanas após minha chegada, por causa do rompimento da bolsa e da bactéria beta hemolítico. Dr. Manoel tinha passado o exame para fazer antes de engravidar. Parece absurdo, mas a médica mandou fazer no laboratório e este dizia que era a médica quem deveria fazer. Foi tanta informação desencontrada que acabei não fazendo o exame antes de engravidar e que depois trouxe uma infecção antes do parto.

Quando a bolsa estourou, tarde da noite, meu marido que já estava em Ilhéus por causa do trabalho, ligou bem na hora e sem saber de nada, disse que queria orar por mim e pelo bebê naquele momento. Não tive coragem de falar o que estava acontecendo por receio de que pegasse estrada de madrugada. Falei para minha irmã e ligamos para Dr. José Tavares. Sem conhecer nada em Salvador e tarde da noite, pegamos um táxi e, cada hospital que ele indicava não tinha vaga na UTI neonatal. Foi quando Deus colocou novamente Dr. Manoel para me tranqüilizar, orientar para qual hospital poderia ir e até conversar com o plantonista da noite sobre meu caso e como deveriam ser os procedimentos. Fiquei três dias em repouso absoluto na maternidade esperando sair mais o efeito do aas para não ter hemorragia no parto, tomei injeções de corticóide para amadurecer os pulmões do bebê e fui tratada da bactéria beta hemolítico. As contrações eram fortes, mas não tinha dilatação. O parto seria cesariana.

No dia 02 de fevereiro de 2011 nasceu Ana Liz com 1.705 kg , 31 semanas e seis dias, ficando na UTI neonatal por quase um mês para completar 35 semanas, pegar peso e aprender a sugar. Foram dias difíceis, pois tinha acabado de sair de uma gravidez e um parto de alto risco e tive que enfrentar a jornada de visitas cansativas à UTI. A parceria de Dr. Manoel Sarno com Dr. José Tavares foi imprescindível para o sucesso.

Ana Liz é perfeita e saudável e enche nossa casa e nossos corações de alegria. O significado do seu nome retrata exatamente o que ela é: Ana – cheia da graça e abençoada; Liz – consagrada a Deus.

Para quem já perdeu as esperanças, esta é uma porta que pode ser aberta para que o sonho de todo casal que é formar uma família, se torne realidade.

Dr. Manoel, seus anos de estudos e renúncias ajudaram a realizar o nosso sonho e transformarão muitos casais em famílias que, em breve, terão essa mesma oportunidade de dar depoimentos de sucesso como o meu. Esta foi uma porta que Deus abriu na minha vida.

É preciso ter fé no Deus vivo e poderoso, pois ela é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem (Hebreus 11:1) e sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem Dele se aproxima precisa crer que Ele existe e que recompensa aqueles que o buscam. (Hebreus 11:6)

Grandes coisas fez o Senhor por nós, pelas quais estamos alegres (Salmos 126) e grandes coisas Ele pode fazer por quem confia Nele.

Verônica Carine – verocarine@hotmail.com

Instagram
AV. Anita Garibaldi, nº 1555, Sala 105 - Centro Médico Garibaldi
CEP 40210-902, Salvador, Bahia
Telefax 71 3235-0958 / 99197-8344
Email: aloimune@aloimune.com.br
Responsável Técnico - Dr. Manoel Sarno - CREMEB - 13410
© Todos os direitos reservados - 2015 - CREMEB: 13410
Leadone